ARTISTAS

 

 

A Arte Indígena Contemporânea existe em seus próprios termos e orienta-se pelos princípios da autonomia e do protagonismo indígena. Desta forma não trabalhamos com a clássica prática de representação, comum ao sistema metropolitano de arte, em que as galerias se constituem como mandatárias ou procuradoras, falando pelos artistas a partir de acordos que pressupõem exclusividades e são quase sempre extrativistas.

 

A atuação conjunta entre a nossa Galeria e os artistas indígenas se organiza a partir da proposta da apresentação, isto é, produzir encontros, mostrar, oferecer à vista. Visamos abrir passagens para que artistas indígenas possam se fazer presentes com suas próprias vozes segundo seus próprios interesses. Atuamos, portanto, para criar os meios necessários para a circulação de seus trabalhos, facilitando o diálogo com instituições, o acolhimento de convites e desenvolvimento de projetos, oportunizando ainda a comercialização de suas obras em condições favoráveis para os artistas indígenas e suas comunidades.

 

 

Amazoner Arawak

 

Charles Gabriel

 

Daiara Tukano

 

Elisclésio Makuxi

 

Gustavo Caboco

 

Isael Maxakali

 

Isaias Miliano

 

Jaider Esbell

 

Mario Flores Taurepang

 

Maurício Yanomami

 

Sérgio Yanomami

 

 

em breve mais informações

ARTISTS

 

 

Contemporary Indigenous Art exists in its own terms and is guided by the principles of indigenous autonomy and protagonism. In this way, we do not work with the practices of representation common to the classic art system, in which galleries are constituted as agentes or representative entities, speaking for the artists based on agreements that presuppose exclusivity and are almost always extractivists.

 

The joint acting of our Gallery and the indigenous artists is organized based on the proposal of the presentation, that is, to produce reunions, to show, to offer them to the public. We aim to open pathways so that indigenous artists can be present with their own voices according to their own interests. We work, therefore, to create the necessary means for the circulation of their work, facilitating dialogues with institutions, accepting invitations and developing projects, also providing opportunities for the sale of their works under favorable conditions for the artists and their communities.